Central de Atendimento

Fale com um de nossos especialistas:

27 3534 6250

Capitais e Regiões Metropolitanas*

27 99978 4800

Fale pelo WhatsApp

Horário de Atendimento:
Seg à Sex das 09h às 18h

Sobre a Umidificação

Umidificadores

 

Através de uma pressão positiva, o CPAP produz um fluxo de ar seco e fresco durante toda a noite. Isso pode favorecer o aparecimento de alguns sintomas. Esses sintomas podem variar conforme as estações do ano, regiões do país, alterações nasais e pressões elevadas de CPAP.

 

Nosso nariz tem como funções de defesa do aparelho respiratório: umidificação, filtração e aquecimento do ar inspirado e o transporte mucociliar (secreção). Qualquer desequilíbrio desse sistema de defesa facilita infecções das vias respiratórias como gripes, sinusites, quadros de rinite, asma e bronquite. A umidificação no CPAP ajuda a manter esse sistema de defesa sempre preservado, promovendo uma respiração mais próxima do normal.

 

O melhor mecanismo de defesa contra as infecções respiratórias é manter a mucosa com a umidificação normal. Por isso, os pacientes que possuem um aumento do ressecamento nasal devido à utilização de CPAP, precisam de usar o umidificador em conjunto na terapia.

 

Mas o uso do umidificador não se faz necessário para algumas pessoas. Caso não haja alguns sintomas associados, a compra do umidificador poderá ser feita a qualquer tempo, apenas para maior conforto e melhor adaptação à terapia.

 

Atenção: A umidificação com o uso do CPAP é um aparelho específico acoplado a este equipamento. Há também a umidificação de ambiente, não apresentando a mesma função dos umidificadores de CPAP.

 

Fique atento para alguns sinais e sintomas de ressecamento:

 

  • Garganta irritada (sensação de queimação)
  • Sintomas de gripe (Coriza, entupimento nasal, aumento de secreção nasal)
  • Ressecamento da boca e/ou nariz e/ou garganta
  • Lábios secos e/ou com rachaduras
  • Sangramento nasal 

 

Alguns fatores podem contribuir para o ressecamento nasal. São eles:

 

  • Poluição atmosférica
  • Longas jornadas em ambientes fechados e com ar-condicionado (sem a manutenção correta)
  • Exposição excessiva a fumaça de cigarro
  • Baixa ingestão de líquidos
  • Uso de certos medicamentos por pessoas hipertensas ou cardíacas, antidepressivos e diuréticos

Newsletter:

Assine nossa newsletter e receba nossas ofertas